Pare, olhe e escute!

De fã a amigo da banda.

Quando a gente tem 16 anos tudo é muito mais complicado. O mundo começa a cobrar que a gente pense no futuro e nós tentamos ainda conciliar todas estas decisões com os namoros, a escola, as amizades e a família. Para Luis Fernando Fauth dos Santos, de 16 anos, que mora em Alvorada, não é diferente. O garoto que se diz um “puta fã da Parada Obrigatória”, descobriu nas canções da banda uma forma de representar o que ele está passando, um momento de mudanças e de descobertas. Nando, como é conhecido, conheceu a banda há dois anos e se identificou nos primeiros acordes. Já foi a show, comprou CD autografado, fala com os componentes da banda no MSN, tirou as músicas do CD Loucura Controlada no violão, gravou a versão de uma das músicas e postou no Youtube. Fez de tudo um pouco, mas ainda tem um sonho: tocar com a banda em um show. Será que um dia rola? Confere ai a entrevista que ele deu para o site e depois a versão que o Luis Fernando gravou da música ‘Já Faz Tempo’ e que está disponível no Youtube.

Da esquerda para a direita Osório, Gui, Geléia, Marcos, Luis Fernando, Ale e John no Coca-Cola Parc.

“A primeira impressão que eu tive foi: ‘Nossa, que conteúdo’. Eu escutei a música ‘Já Faz Tempo’ e eu logo vi que eles tinham uns riffs e solos muito loucos, que o instrumental era bem diferente do que nós vemos hoje tocando nas rádios. Era algo simples e ao mesmo tempo complexo, mas que pelas letras, eu percebia que era algo muito intenso, que vinha de dentro, o suficiente pra me fazer ficar encantado pela banda. Hoje eu sou uma baita fã”.

Quando tu conhecestes a banda e qual foi a tua primeira impressão sobre o som da Parada Obrigatória?

Bom, eu conheci a banda ano passado pelo Marcos que é primo do vocalista Ale. O Marcos é um baita amigo meu, sempre tocamos violão juntos quando temos tempo. A primeira impressão que eu tive foi: ‘Nossa, que conteúdo’. Eu escutei a música ‘Já Faz Tempo’ e eu logo vi que eles tinham uns riffs e solos muito loucos, que o instrumental era bem diferente do que nós vemos hoje tocando nas rádios. Era algo simples e ao mesmo tempo complexo, mas que pelas letras, eu percebia que era algo muito intenso, que vinha de dentro, o suficiente pra me fazer ficar encantado pela banda. Hoje eu sou uma baita fã.

E como foi teu primeiro contato com a banda?

Uma certa noite o Marcos me chamou no MSN e me disse que a Parada Obrigatória ia tocar em Porto Alegre no Parcão. Me informei e descobri que era em função do Coca-Cola Parc e que seria junto a um jogo da Seleção Brasileira e que seria transmitido nos telões. Então, eu e o meu amigo fomos para Porto Alegre e la eu consegui ver a banda passar o som. Quando acabou a passagem de som eles saíram pra tomar alguma coisa em algum lugar e eu consegui falar com eles. Fiquei muito feliz e depois que acabou o show eu consegui tirar fotos com eles, conversei, pedi pra eles autografarem o meu CD. Foi muito legal. Hoje eu consigo manter contato com eles no MSN, troco uma idéia, é super legal pra mim ter contato assim com eles.

Fazendo pose com o CD autografado que conseguiu no show da banda.

 

Qual a música da Parada que tu gostas mais e por que? Tu já tirou todas elas no violão?

Não tem nenhuma música que eu goste de maneira específica. Eu me amarro muito na “Já Faz Tempo”, gosto da “O Que Plantou” e também de “Palavras Certas”. Já tirei quase todas

Tu já escutastes o novo single “Além das Barreiras”?

Já escutei sim. Na verdade, eu já tinha a versão acústica da música e também já tinha tirado ela. Eles divulgaram a música quando eu estava na praia e eu tive que gastar R$ 2,50 a hora só pra ir escutar em uma lan house. Quando escutei eu levei um susto. Confesso que tinha uma visão diferente de como seria a versão de estúdio e realmente me impressionou. A música deles é o tipo de som que eu sempre quis ter em uma banda minha, sabe aquela musica que fala de coisas bonitas, com um instrumental encaixado e de repente aparece um solo estrondoso pra quebrar tudo. Isso é inspirador, sério!

Anúncios

4 Respostas

  1. John

    Grande Fernando!! esse cara é fera! vlw pelo apoio irmão! grande abraço

    21 de fevereiro de 2011 às 18:16

  2. Geléia

    Bah, Valeu mesmo pelo apoio Nando!
    Nós da PO que ficamos honrados em ter um fãe amigo como você!
    Grande Abraço

    Geléia

    21 de fevereiro de 2011 às 18:29

  3. Fernando

    Valeu galera, cara, fiquei mtt feliz *__* vocês todos são foda, sem mais, dispensam comentários *-*

    21 de fevereiro de 2011 às 23:41

  4. Juci

    Parabéns ae Nando..

    Espero que o som da Parada Obrigatória, que vc mesmo definiu como “aquela musica que fala de coisas bonitas, com um instrumental encaixado e de repente aparece um solo estrondoso pra quebrar tudo” possa ser mt divulgado e mostrado pela região onde vc mora e fazer mt gente gostar da Parada Obrigatória!!

    Legal ver que a banda tem fãs apaixonados pelo belo som que a banda faz!!!

    Sucesso ae meninos, vcs são MARA mesmo!

    22 de fevereiro de 2011 às 2:03

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s